Ascensor: O homem que vivia num elevador

Terça-feira, dia 25 / Elevador, 21h00

A escolha da Casa define o Indivíduo.
O Indivíduo define a Casa onde vive.

‘Ascensor – o homem que vivia num elevador’ insere-se num ciclo de performances criadas a pensar na relação próxima e efémera com grupos reduzidos de audiência, pretendendo-se no fundo uma espécie de escultura viva. O encontro imediato do(s) performer(s) com o público num espaço reduzido e o cruzamento da vida de um utente de um espaço público (neste caso, o Clube Literário do Porto) com a vida de outra pessoa (neste caso, o homem do elevador) tem em vista um acontecimento marcante e de certo desconforto por parte de quem observa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s