Ciclo de tertúlias “Famílias Tradicionais do Porto”: A FAMÍLIA DE ABEL SALAZAR

Terça-feira, dia 20    /    Piano bar, 22h00

Testemunho: César Príncipe

Tópicos: A cidade-berço (Guimarães), onde nasceu num hotel;
O pai, docente em Guimarães, na Escola Comercial e Industrial;
Industrial Francisco de Holanda e nas portuenses “Infante D. Henrique e Mouzinho da Silveira;
“Contrariado aceitou cursar Medicina;
Um génio impopular na Academia;
 Onde estava o fraco era o lugar dele;
Invejas e ódios entre os seus pares.
O Grande Oriente Lusitano;
Uma obra de mil faces: pedagógica, científica, plástica, epistolar, humorística e literária
 – O casamento – a família
Exílio voluntário – forçado. A sanha de ódio contra o seu gabinete
 – O papel dos amigos Marques Rodrigues, Corino de Andrade e Adelaide Estrada.
A morte (de cancro) em Lisboa, em 1949, sem herdeiros nem testamento; trasladação do corpo para o Porto ou manifestação anti-regime.
O homem que teve dois funerais.
Espólio do cientista salvo por Ruy Luis Gomes, que, com apoio da Gulbenkian funda a Casa-Museu Abel Salazar.

Org.: Alice Rios (Jornalista e autora do Livro “Famílias Tradicionais do Porto”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s