No meu tempo é que era bom… Anos 80 e 90 – cancelado

Quarta-feira, dia 7    /    Piano bar, 21h30             
Um serão com muita música, imagens, multimédia e leitura.
Venha participar numa “discussão” pública sobre a sociedade daquela época.

Org.: Edita-me

Anúncios

Morreu José Saramago [1922-2010]

«O escritor português e Prémio Nobel da Literatura em 1998 José Saramago morreu hoje aos 87 anos em Lanzarote.»
Ler no jornal “Público”.

O Clube Literário do Porto presta aqui homenagem à sua memória no momento de apresentação do seu livro “Caim”. Clique aqui.

Conversas de Escritores

Blogue do programa Conversas de Escritores da RTP N. Apresentação de José Rodrigues dos Santos. Será actualizado semanalmente com vídeos e biografias dos escritores. Ainda poderá vir a ter o texto das entrevistas escrito
José Rodrigues dos Santos
2009-11-01 00:00:00

José Saramago
Conversas de Escritores de 2009-11-01
 
http://ww1.rtp.pt/blogs/programas/conversasdeescritores/index.php?k=1-parte-do-Conversas-de-Escritores-de-2009-11-01.rtp&post=4291

Lançamento do livro “ Homossexuais no Estado Novo” de São José Almeida (Jornalista do jornal O Público)

Quarta-feira, dia 16 / Auditório, 18h30

Apresentação a cargo de Ana Luísa Amaral e Raquel Freire

São José Almeida nasceu em 1960, em Lisboa. É jornalista do Público desde a sua fundação, em 1990. Especialista em política nacional, ao longo dos 20 anos de jornalismo acompanhou as instituições políticas e partidárias (foi repórter parlamentar entre 1995 e 2005) e também questões relacionadas com a defesa de direitos humanos, nomeadamente direitos das mulheres e dos homossexuais. Recebeu uma menção honrosa no Prémio Paridade – Mulheres e Homens na Comunicação Social, atribuído pela CIG em 2009, o Prémio ILGA em 2006 e em 2009, e o prémio de Jornalismo «Pela diversidade. Contra a discriminação» da Comissão Europeia, em 2009. Estes dois últimos prémios foram atribuídos pelo trabalho que está na base da investigação desenvolvida para este livro.

Sinopse
Esta é uma primeira tentativa de abordagem do que foi a realidade dos homossexuais em Portugal durante praticamente todo o século XX, ou seja, desde que a jovem Primeira República, enquadrada pela psiquiatria, coloca sob a alçada da lei os crimes contra a natureza até que estes o deixam de ser, em 1982. O que era ser homossexual em Portugal? O que é viver uma condição estigmatizada e estigmatizante, em que não há identidade, tão-só uma afectividade e uma sexualidade, quase sempre clandestinas?

Lançamento do livro Musings, de Treasure Gibsson

Sexta-feira, dia 28 / Auditório, 17h30

As fotografias guiam o olhar do leitor pelas páginas de Musings, que o levam a uma torrente de emoções, vendo e fluindo através de pensamentos que respiram a vida daquele sopro próprio das páginas brancas de um livro.
Treasure não só oferece a sua própria alma num olhar crú e honesto, ela também leva o leitor pela sua mão, suavemente, mas com firmeza, guiando-o numa animada e essencial expedição verbal através do seu mundo.
Para alguns, as mulheres são o “Sexo frágil”, mas nunca se deve confundir diplomacia com fraqueza.
Nas famosas palavras de Eleanor Roosevelt:
“A mulher é como um saco de chá. Nunca se sabe o quanto é forte até que esteja em água quente. ”
Uma coleção deliciosa de poemas que envolve a mulher de hoje.

[Publicação e apresentação da obra em Inglês]

Amigos e admiradores marcaram presença na apresentação do livro “No profundo da alma lusitana” de Rui Fonseca

Este slideshow necessita de JavaScript.

Entre momentos musicais e de leitura de poesia tendo como mote onírico a alma lusitana, desde a Atlântida ao Portugal templário e ao Portugal da modernidade, a apresentação do livro “No profundo da alma lusitana” do autor Rui Fonseca no Clube Literário constituiu um tempo rico de convívio e de conhecimento da obra poética do autor.

Entre os convidados marcaram presença os ilustres lusos Vasco da Gama, Camões e Fernando Pessoa, símbolos da portugalidade e da nossa viagem pelo mundo e pelos tempos. Do ninho da Pátria que é a língua portuguesa ao profundo da alma lusitana ficaram nuances de brumas e nevoeiros, mas também de esperança.
“De onde surgiste, alma
Que desabrochaste Nação
Que atravessaste o tempo
O espaço e a solidão?”

E, porque “falta cumprir Portugal”, juntos teremos de fazer o caminho de descoberta e encontro com todos os matizes de luz para enfim Portugal se cumprir.
(Cristina Carneiro)

Nota: Este grupo de amigos reúne mensalmente no Clube Literário do Porto no encontro Portugal Poético dinamizado pelo Rui Fonseca e seus convidados com o objectivo de divulgação da poesia portuguesa e do sentir lusitano, na sua história e missão de luz, como uma razão maior de existir.

Apresentação do livro “O preço da vitória”, de Angelino Pereira

Domingo, dia 9 / Piano bar, 16h30

Apresentação a cargo de Prof.ª Maria Helena Padrão e Dr. Barroso da Fonte

Prefácio
Como amigo do autor, tive o privilégio de ser o primeiro leitor desta obra. Ao longo do romance fui levado por caminhos, emoções e constantes apelos à mudança para uma sociedade mais justa, dirigida por pessoas responsáveis e determinadas a garantir o respeito pelos mais carenciados! O Ser solidário que todos nós deveríamos por em prática diariamente, em especial com as crianças e adolescentes que precisam de apoio, conforto e carinho, revê-se nesta obra onde Angelino Pereira retrata no Joel, o herói desta história, uma criança carenciada de quase tudo mas determinado numa luta para poder vencer, enquanto chama constantemente a atenção dos homens para a injustiça. Este livro é um apelo constante para os deveres da sociedade, a quem compete dispensar o apoio necessário ao desenvolvimento saudável das crianças e dos adolescentes carenciados das mais diversas formas. Porque Angelino Pereira se revê nos objectivos da Fundação VB 99 pela sua obra literária e pelo que dela pode resultar em favor das crianças e dos adolescentes carenciados, a Fundação e eu próprio queremos publicamente agradecer ao autor d’ O Preço da Vitória a sua obra, a sua generosidade e deseja que o público sinta, como eu, o prazer de ler este romance, e contribua para que outras crianças carenciadas possam também vencer no direito à felicidade.
“ O Preço da Vitória” tem todos os ingredientes para ser um sucesso literário.
(Vítor Baía)