Sessão de Letras com Erotismo

:: Dia 11 | domingo

Auditório,16h00

Sessão de Letras com Erotismo

A sessão literária, promovida pela ARGO (Associação Artística de Gondomar) e pela Lugar da Palavra, integra-se nas atividades do Prémio Nacional de Arte Erótica.

Obviamente, vai falar-se de erotismo. A sessão conta com a participação de alguns autores e irá ter leitura de envelopes-mistério pelo público presente. Estes envelopes integram diversos excertos de poesia e prosa do amor e do erotismo de diversos autores portugueses, alguns dos quais verdadeiramente… surpreendentes. No final, haverá, em vez do tradicional Porto de Honra, um original Alevanta o Pau de Honra, já que a bebida escolhida pela organização para brindar ao amor e ao erotismo foi o carismático licor produzido em Montalegre. Há ainda bolinhos “malandrecos”

para acompanhar o referido Alevanta o Pau de Honra… Mas, antes disso, Manuel António Araújo (professor, escritor, vencedor do Prémio Revelação APE) vai falar sobre “o Sexo na Aldeia”, Modesto Nogueira (professor, poeta, seminarista até aos 27 anos) abordará a premente questão do “Amor e Sensualidade em Cristo” e Daniel Dias (escritor, ator) tentará provar aos presentes que é possível “Amar sempre tão intensamente como da primeira vez”.

Por fim, haverá um espaço de interação com o público, que se espera duro e fértil.

A difícil tarefa de moderar cabe ao escritor João Carlos Brito e ao artista plástico Aurélio Mesquita.

«Eros e Psique: Palavras à Meia-Noite»

:: Dia 3 |  sábado

Piano bar 
23h30

 «Eros e Psique: Palavras à Meia-Noite»

«Excursões às portas da Meia-Noite pelas palavras e pelos silêncios que Eros e Psique dizem e não dizem entre si. Eros e Psique, ou seja, o Fogo e a Borboleta, matérias mutuamente contrárias e atractivas que se tocam com e se transformam. A esta relação chama-se Vida e às suas expressões chama-se Arte. Com a intenção de apreender a unidade entre Eros e Psique, assim como entre Vida e Arte, estas excursões recorrem, em particular, ao transporte de Poiesis e à sua proximidade essencial com gestos musicais e dramáticos. Metodologicamente, este acontecimento visa estimular leituras, escritas e expressões originais, partindo de Criações contemporâneas e outras ainda sem forma bem definida, pós-contemporâneas, ainda no processo de viagem do Futuro para Agora – e vice-versa.»

Os intervenientes serão sobretudo estudantes criativos de Psicologia e outras ciências leves.

Org.: Paulo Jesus.


Leituras Reflectidas: Iris Murdoch

:: Dia 25 | Sexta-feira

Auditório

21h30

Fora do Texto

Leituras Reflectidas

Iris Murdoch

 Programa

21h30

Apresentação do projecto Fora do Texto: Leituras Reflectidas, apoiado pelo CETAPS, pela coordenadora, Professora Doutora Fátima Vieira (FLUP)

21h40

Apresentação do livro Iris Murdoch, Philosopher Meets Novelist,

pela Professora Doutora Maria de Fátima Marinho (FLUP)

 22h00

 Leitura dramatizada de excertos de 

Uma Cabeça Decepada de Iris Murdoch

João Ferreira (in skené-gTAG), com Sofia de Melo Araújo (in skené-gTAG)

22h15

 Mesa Redonda sobre a obra de Iris Murdoch

Professora Doutora Fátima Vieira (moderadora),

Professor Doutor Rui Bertrand Romão (UBI)

Sofia de Melo Araújo (FLUP).

Um sentido na poesia

:: Dia 16 | quarta-feira

 Piano bar, 21h00

Um sentido na poesia

Tema: O sentido da natureza

Convidada: Teresa Vaz

A poesia tem todos os sentidos. É uma arte completa, esculpida na praça dos papéis, nas ruas das linhas, nas avenidas das frases. Todos os sentidos têm poesia. A magia do toque, o doce do paladar, a melodia da audição. Há um sentido que, porém, combina toda esta magia-doce-melodia da poesia. A visão. Um poema pode ser lido na escuridão dos olhos, sob o olhar atento dos dedos. Ainda assim todos o entendem. Todos o elevam. Todos o gritam. Um sentido na poesia encontra a cada terceira quarta-feira do mês, o sentido numa noite de poesia, aqui no Clube Literário do Porto.

Org.: Joana Soares com a participação da ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal 

Tertúlia sobre charutos

:: Dia 9  | quarta-feira

Piano bar, 22h00

Tertúlia sobre charutos

(Oferta de 1 charuto por pessoa + venda de aguardente Aveleda a um preço simbólico – só nessa noite)

Parceria com Manuel Serrão e Aveleda  

 Participantes:

– Moderador: Manuel Serrão

– Convidados: Júlio Magalhães, Sérgio Oliveira (Casa Havaneza) e Manuel Soares (enólogo da Aveleda)


Palestra “Reflexões sobre a Doutrina do Quinto Império”

:: Dia 12 | sábado

Piano bar, 16h00

 Palestra “Reflexões sobre a Doutrina do Quinto Império”

“Reflexões sobre a Doutrina do Quinto Império” pretende apresentar uma nova doutrina espiritista e espiritualista, racional e cintífica de base cristã que na História da Humanidade e pela primeira vez se apresenta como única, sendo completamente diferente de quaisquer correntes ou movimentos filosóficos ou religiosos então surgidos ou existentes estando naturalmente vocacionada para vir a ser um novo movimento idealista fundamentado nos princípios científicos do Evolucionismo e mobilizador de uma nova missão dos Portugueses no mundo”.

Orador: Jacinto Alves 

“Eros e Psique: Palavras à Meia-Noite”

:: Dia 5  | sábado

 Piano bar, 23h30

“Eros e Psique: Palavras à Meia-Noite”

“Excursões às portas da Meia-Noite pelas palavras e pelos silêncios que Eros e Psique dizem e não dizem entre si. Eros e Psique, ou seja, o Fogo e a Borboleta, matérias mutuamente contrárias e atractivas que se tocam com e se transformam. A esta relação chama-se Vida e às suas expressões chama-se Arte. Com a intenção de apreender a unidade entre Eros e Psique, assim como entre Vida e Arte, estas excursões recorrem, em particular, ao transporte de Poiesis e à sua proximidade essencial com gestos musicais e dramáticos. Metodologicamente, este acontecimento visa estimular leituras, escritas e expressões originais, partindo de Criações contemporâneas e outras ainda sem forma bem definida, pós-contemporâneas, ainda no processo de viagem do Futuro para Agora – e vice-versa.”

Os intervenientes serão sobretudo estudantes criativos de Psicologia e outras ciências leves. 

Org.: Paulo Jesus

ENCONTRO COM O POETA BRASILEIRO, GOULART GOMES, INVENTOR DO ” POETRIX”

29 de Outubro – Sábado

15h – Piano bar

ENCONTRO COM O POETA BRASILEIRO, GOULART GOMES, INVENTOR DO ” POETRIX”

Do programa, que se pretende simples e despretensioso, consta uma abordagem ao Poetrix e à sua expansão a nível mundial, por parte do nosso ilustre visitante Goulart Gomes, com quem iremos manter uma informal conversa, e leitura de Poetrix e outros géneros de poesia, entre os participantes.
A sessão é promovida e será coordenada pelos poetas Anthero Monteiro (o primeiro autor desta modalidade poética a editar um livro de Poetrix na Europa) e Eduardo Roseira, também poetrixta e diretor do Boletim de Poesia “LAVRA”.
Estarão ainda presentes outros poetrixtas nacionais.

Quem é GOULART GOMES? O que é POETRIX?
Leia in:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Goulart_Gomes

HOMEPAGES:

www.goulartgomes.com
e www.movimentopoetrix.com

I Encontro Literário da Associação Florbela Espanca

:: Dia 29 | Sábado

Auditório

17h

I Encontro Literário da Associação Florbela Espanca

Neste I Encontro do Clube de Leitura da Associação Florbela Espanca, propõe-se uma leitura crítica e uma reflexão sobre uma obra notável da literatura portuguesa.

Aparição, de Vergílio Ferreira, obra maior do existencialismo português, propõe uma introspecção sobre a essência do Homem e o absurdo da morte. A angústia de se saber grande e simultaneamente finito é o problema que leva Alberto Soares a procurar soluções  ” … só há um problema para a vida, que é de saber, saber a minha condição… ter a evidência ácida do milagre que sou, de como infinitamente é necessário que eu esteja vivo, e ver depois, em fulgor, que tenho de morrer…”.

O encontro contará com a presença de Rogério Silva, professor de língua e literatura portuguesa na cidade do Porto.